Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: NATO diz que opção militar deve manter-se em aberto

Lusa

  • 333

Londres, 18 set (Lusa) -- O secretário-geral da NATO, Anders Fogh Rasmussen, declarou hoje que a ameaça de uma ação militar na Síria deverá continuar em cima da mesa para fazer Damasco manter a sua promessa de entregar as armas químicas.

Falando depois de se reunir com o primeiro-ministro britânico, David Cameron, em Londres, Rasmussen saudou o recente acordo entre Estados Unidos e Rússia segundo o qual o regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad, afirma que entregará o seu arsenal de gás tóxico.

Damasco disse hoje de manhã estar confiante de que o Conselho de Segurança da ONU não adotará uma resolução sobre as suas armas químicas ao abrigo do Capítulo VII, que poderia permitir o uso da força.