Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Mais de 15.000 mortos desde o início da revolta contra o regime de Bashar al-Assad

Lusa

  • 333

Beirute, 21 jun (Lusa) - Um total de 15.026 pessoas morreram na Síria nos 15 meses de revolta contra o regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad, afirmou hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Pelo menos 10.480 civis, 3.716 soldados e 830 desertores foram mortos devido à repressão e aos combates. O OSDH contabiliza como civis os homens armados que combatem o regime e que não eram antigos soldados.

"Se a comunidade internacional continua a ficar silenciosa e a contentar-se em observar a situação, mais sangue correrá na Síria", indicou Rami Abdel Rahmane, presidente do OSDH. "A violência aumentou há dois meses e a situação vai piorar", adiantou.