Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Liga Árabe pede a Assad que abandone o poder

Lusa

  • 333

Doha, 23 jul (Lusa) -- Os países árabes apelaram no domingo à oposição síria e aos rebeldes do Exército Sírio Livre (ESL) para que aceitem formar um governo de transição, sem o atual presidente Bashar al-Assad, a quem pediram que deixe rapidamente o poder.

"Existe acordo quanto à necessidade da rápida demissão do presidente Bashar al-Assad," disse o emir do Qatar, Sheikh Hamad bin Khalifa Al-Thani, em declarações aos jornalistas, no final de uma reunião ministerial da Liga Árabe sobre a crise na Síria, que decorreu em Doha.

Os países da Liga Árabe defenderam assim, com a saída de Bashar al-Assad do poder, a criação de um governo de transição que permita acalmar a situação no país. "Apelamos à oposição e ao ESL para que constituam um governo de unidade nacional", referiu o emir.