Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Japan Tobacco investigada pela UE por alegada violação das sanções

Lusa

  • 333

Tóquio, 22 ago (Lusa) -- A Japan Tobacco informou hoje que está a ser investigada pela União Europeia por alegada violação das sanções contra a Síria ao enviar tabaco para uma empresa ligada ao regime sírio, negando ter cometido qualquer irregularidade.

A Japan Tobacco, que é detida em 50 por cento pelo Governo japonês, garantiu que a sua subsidiária JT International (JTI), sedeada em Genebra, não cometeu qualquer irregularidade.

De acordo com o "Wall Street Journal", que cita documentos da empresa, um carregamento da JTI terá seguido em março do ano passado para uma empresa que era detida na altura, pelo menos em parte, pela família Makhlouf, que tem primos de primeiro grau do Presidente sírio, Bachar al-Assad.