Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Intervenção estrangeira não é o "caminho certo" -- NATO

Lusa

  • 333

Sidney, 13 jun (Lusa) -- Uma intervenção militar estrangeira na Síria não é o "caminho certo", afirmou hoje o secretário-geral da NATO, Anders Fogh Rasmussen, horas depois de um alto responsável da ONU ter qualificado a situação naquele país como uma "guerra civil".

"Uma intervenção militar estrangeira não é o caminho a seguir na Síria", disse Rasmussen aos jornalistas australianos, privilegiando uma solução política e garantindo que a NATO não tem "qualquer projeto" para uma operação naquele país.

O responsável, que está a cumprir uma visita diplomática à Austrália, salientou que "condena o comportamento das forças de segurança sírias e a repressão" levada a cabo contra a população.