Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: China responsabiliza Ocidente pelas divisões no seio da ONU

Lusa

  • 333

Pequim, 15 ago (Lusa) -- O jornal chinês "Diário do Povo", do Partido Comunista da China, acusa hoje os países ocidentais de impedirem a resolução política do conflito na Síria e de serem responsáveis pelas divisões no seio do Conselho de Segurança da ONU.

"Os países ocidentais nunca renunciaram ao seu objetivo de mudar o regime na Síria e, de forma constante, reforçaram o seu apoio às forças antigovernamentais", refere um editorial hoje publicado pelo diário.

O "Diário do Povo" acrescenta que as pressões ocidentais, como as tentativas de impor uma zona de exclusão aérea na Síria, "têm minado a união no seio do Conselho de Segurança da ONU e impedido a comunidade internacional de alcançar um consenso".