Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: China propõe "organismo de transição" com todas as partes do conflito

Lusa

  • 333

Pequim, 01 nov (Lusa) -- A China propôs ao negociador internacional para o conflito sírio, Lajdar Brahimi, a criação de um "organismo de transição com ampla representação" de todas as partes, anunciou hoje o porta-voz da diplomacia de Pequim.

Hong Lei, porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, disse que o chefe da diplomacia chinesa, Yang Jiechi, entregou a Brahimi, durante uma visita do negociador à capital da China, esta semana, uma proposta de quatro pontos sobre a Síria.

Pequim propõe que as partes em conflito trabalhem no sentido de se "darem passos efetivos para um cesar fogo" que pode ser aplicado de "região em região" com a finalidade de se conseguir "o fim da violência e dos confrontos armados".