Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Brahimi diz à ONU que conflito está a agravar-se

Lusa

  • 333

Nações Unidas, Nova Iorque, 24 set (Lusa) - O emissário internacional para a Síria, Lakhdar Brahimi, declarou hoje no Conselho de Segurança da ONU que o conflito está a agravar-se e que o país enfrenta uma crise alimentar crescente, disseram embaixadores.

Brahimi disse também que o regime sírio calcula que cinco mil estrangeiros estejam a participar nos combates e que Damasco considera que se trata de "uma conspiração estrangeira", disseram embaixadores que participam na reunião dos 15 países do Conselho de Segurança, a quem Brahimi explica os resultados da primeira missão na Síria.

A violência na Síria, que se prolonga há 18 meses, já levou 1,5 milhão de pessoas a deixarem as suas casas e o país enfrenta a escassez de alimentos dado que as culturas foram destruídas pela guerra, segundo o emissário da ONU e da Liga Árabe.