Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: 89 mortos, 57 deles soldados, no dia com mais baixas militares - observatório

Lusa

  • 333

Damasco, 03 jun (Lusa) - Quase 90 pessoas morreram no sábado em confrontos na Síria, incluindo 57 soldados, o maior número de militares mortos num só dia desde que o conflito começou, em março de 2011, informa o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Entre as 89 vítimas há 29 civis e três dissidentes do exército, mortos em várias regiões do país, em bombardeamentos realizados pelas forças do regime ou em confrontos e tiroteios, adiantou aquela organização não-governamental síria.

Questionado sobre o elevado número de militares mortos nos últimos dias, Rami Abdel-Rahman, do OSDH, disse à AFP que tem a ver com o aumento dos confrontos em todo o país.