Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: 50 líderes da medicina alertam para rutura iminente do sistema de saúde

Lusa

  • 333

Londres, 16 set (Lusa) - Cinquenta líderes da medicina do mundo, incluindo prémios Nobel, alertaram hoje que o sistema de saúde sírio está num ponto de rutura e exigiram às partes em conflito que suspendam os ataques contra profissionais e unidades de saúde.

"Os governos que apoiam partes nesta guerra civil devem exigir que todos os atores armados suspendam imediatamente os ataques a pessoal médico, instalações, doentes e equipamento médico", escrevem os responsáveis numa carta aberta hoje publicada na revista científica Lancet.

Os médicos exigem ainda que as partes envolvidas no conflito permitam que medicamentos e cuidados de saúde cheguem até aos sírios, mesmo que tenham de atravessar linhas de combate ou fronteiras.