Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sines: Complexo petroquímico da Repsol volta a laborar após manutenção de 35 ME

Lusa

  • 333

Sines, Setúbal, 04 jul (Lusa) - O complexo petroquímico da Repsol Polímeros, instalado em Sines, está a iniciar o arranque faseado das unidades de produção, após um investimento em manutenção de 35 milhões de euros, divulgou hoje à agência Lusa fonte da empresa.

Segundo a Repsol, as fábricas de polímeros (polietileno de alta e baixa densidade) serão as primeiras a arrancar.

A empresa explicou que o arranque faseado é um procedimento "normal" e que decorre "em função da procura para os produtos", que, "nesta altura, tem sido baixa a nível internacional".