Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sindicato receia aumento de mortes na construção devido a desinvestimento na segurança

Lusa

  • 333

Vila Real, 01 ago (Lusa) -- O Sindicato da Construção disse hoje que o número de mortos em acidentes de trabalho desceu no primeiro semestre para os 17, mas alertou para um possível aumento de casos devido ao desinvestimento na segurança.

O presidente do Sindicato da Construção de Portugal, Albano Ribeiro, foi hoje ao viaduto do Corgo, em Vila Real, para destacar esta obra como um exemplo a seguir em termos de segurança. A ponte está inserida na Autoestrada Transmontana.

Apesar dos seus 2.796 metros de extensão e 197 metros de altura, desde a fundação até ao topo dos mastros, não se verificou qualquer acidente mortal durante a sua construção, realçou o responsável.