Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sindicato exige manutenção de postos de trabalho na fusão de empresas municipais da Horta

Lusa

  • 333

Horta, 11 dez (Lusa) - O processo de fusão das empresas municipais do concelho da Horta, nos Açores, deve assegurar a "completa estabilidade dos postos de trabalho", defendeu hoje o coordenador regional do Sindicato da Função Pública, João Decq Mota.

Em conferência de imprensa, na ilha do Faial, o responsável pelo Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas alertou para a necessidade de a câmara cumprir "os termos definidos na lei" ao integrar a Hortaludus na URBHorta.

"A solução que o município deve encontrar para respeitar a lei tem que, da melhor forma possível, assegurar a operacionalidade de todas as estruturas entregues até agora à Hortaludus e assegurar a completa estabilidade dos postos de trabalho", insistiu João Decq Mota.