Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sindicato duvida do fecho de 40% das repartições de finanças até final de 2013

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 nov (Lusa) -- O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos disse hoje ter dúvidas que o Governo concretize o fecho de 40% das repartições de finanças até final de 2013 e que, a acontecer, não deverá provocar a saída de trabalhadores.

"Para o próximo ano tenho dúvidas que se consiga efetivar [o fecho de 40 por cento das repartições] por causa da questão da fusão das freguesias que ainda vai trazer muita perturbação e processos jurídicos. E depois estamos em ano de eleições autárquicas e nenhuma câmara [municipal] quer perder valências", afirmou à Lusa Paulo Ralha.

O dirigente sindical reagia às declarações de hoje do secretário de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa, Paulo Júlio, que disse em Coimbra que o Governo vai reduzir 40% das repartições de finanças do país até ao final de 2013.