Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sindicato dos Quadros do Estado acusa Governo de ter encomendado ao FMI argumentos para mais austeridade

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 jan (Lusa) - O Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado acusou hoje o Governo de ter encomendado ao FMI a fundamentação técnica para novas medidas de austeridade e de as ter discutido numa conferência em que a imprensa não teve liberdade de transmissão.

"O Governo apresenta-se como ungido para fazer o que decidiu e cuja fundamentação técnica encomendou", afirmou o sindicato num comunicado de imprensa.

Segundo o Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE), o Governo pretende "encostar os portugueses à parede com a dita refundação do Estado, não deixando pedra sobre pedra no frágil Estado Social que conhecemos", apesar de ter prometido o contrário nas eleições.