Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sindicato dos Profissionais da Polícia critica Mário Figueiredo

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 fev (Lusa) -- O Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP-PSP) criticou hoje o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), pelas suas declarações após os incidentes no encontro entre as equipas B do Vitória de Guimarães e do Sporting de Braga.

"O SPP quer desde já deixar claro que as forças de segurança são as únicas que têm formação adequada para garantir a segurança pública. As empresas contratadas pelos clubes são, de acordo com a lei, um complemento das autoridades e não os seus substitutos", lê-se num comunicado da associação sindical da Polícia de Segurança Pública.

No domingo, em conferência de imprensa, o presidente da LPFP, Mário Figueiredo disse que "não cumpre aos clubes financiar, com pagamentos de horas extraordinárias, um número exorbitante de forças de segurança pública".