Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sindicato dos Pilotos aceita desconvocar greve mas impõe condições

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 mar (Lusa) -- O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) desconvocará a greve de três dias, mas só se o Governo ratificar o acordo com a TAP e a SATA e se os efeitos forem extensíveis ao último grupo.

Em declarações à Lusa, o comandante Jaime Prieto, do SPAC, adiantou que "existe um princípio de entendimento" e "caso sejam cumpridos os pressupostos em que assenta", então será desconvocada a greve dos dias 21, 22 e 23 de março.

"O Governo tem de ratificar estes pressupostos do princípio de entendimento [com a TAP e a Sata] e tem de ser garantida a replicação dos seus efeitos no grupo Sata. Não vamos permitir que haja portugueses de primeira e outros de segunda", frisou Jaime Prieto.