Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sindicato dos Impostos incentiva trabalhadores a recusar horas extra

Lusa

  • 333

Lisboa, 31 jul (lusa) - O Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI) apelou hoje aos funcionários do Fisco para que recusem trabalhar horas extra e "cumpram escrupulosamente" as 35 horas semanais previstas na lei, em protesto pela aprovação das 40 horas semanais de trabalho.

Numa nota distribuída aos trabalhadores do Fisco, o sindicato contesta a aprovação segunda-feira pelo parlamento da alteração do horário de trabalho para as 40 horas semanais e condena não ter havido uma "discussão digna desse nome" com os sindicatos.

A entrada em vigor da nova lei, que aumenta de 35 horas para 40 horas o trabalho semanal, constitui também um retrocesso "inaceitável" nos direitos dos trabalhadores, segundo o STI, que não afasta a possibilidade de levar o assunto para a esfera jurídica.