Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sindicato acusa Câmara do Porto de querer "extinguir" o feriado de S. João

Lusa

  • 333

Porto, 17 jun (Lusa) -- O Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL) acusou hoje a Câmara do Porto de querer extinguir o feriado municipal do dia do S. João, ao transformá-lo "numa tolerância de ponto".

Em comunicado, o STAL anuncia que o presidente da autarquia, Rui Rio, emitiu na semana passada uma ordem de serviço em que afirma conceder "tolerância de ponto no dia 24 de junho, dia de S. João, adotado no coração dos portuenses, como santo padroeiro da cidade do Porto".

Em resposta escrita enviada à Lusa, a autarquia afirma que se não fosse decretada a tolerância de ponto "todos os trabalhadores teriam de trabalhar no dia 24 de junho", de acordo com a legislação em vigor (66/2012, de 31 de dezembro).