Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Simunic (Croácia) multado por comportamento fascista

Lusa

  • 333

Zagreb, 21 nov (Lusa) -- O futebolista croata Josip Simunic foi hoje multado em cerca de 3.500 euros pela procuradoria de Zagreb, devido a um "comportamento fascista" durante os festejos do apuramento da sua seleção para o Mundial2014.

O defesa de 35 anos foi punido com a multa mais alta para este tipo de situações por, após a vitória sobre a Islândia por 2-0, ter gritado no microfone do estádio Maksimir de Zagreb "Pela pátria" (Za Dom), a que os adeptos respondiam "Sempre" (Spremmi).

Estes "slogans" remontam ao tempo em que a Croácia era aliada da Alemanha nazi, na Segunda Guerra Mundial. O regime ustache, de forte influência fascista, dominou a Croácia de 1941 a 1945 e foi responsável pela execução de centenas de milhares de sérvios, judeus, croatas e ciganos, nos campos de concentração no país.