Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Simplificação do IRC permitiria baixar a taxa sem perda de receita - Teodora Cardoso

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 mai (Lusa) -- A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Teodora Cardoso, defendeu hoje que a simplificação do IRC "podia permitir que a taxa baixasse, sem que baixasse a receita" do imposto.

"Há margem de manobra para racionalizar, o que levaria a uma baixa do IRC, que, ainda assim, não poderá ser tão baixa ou igual à da Irlanda, por exemplo", afirmou a presidente do Conselho das Finanças Públicas, à margem da conferência "Consensus e Reforma Institucional", organizada pelo Banco de Portugal, Conselho Económico e Social e pela Fundação Calouste Gulbenkian.

"Há benefícios e muitas coisas que foram criadas e não se sabe já para que é que serviam", pelo que o Governo poderia "racionalizar a política nessa área", concretizou a economista.