Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Silva Peneda defende novo acordo de concertação social

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 jul (Lusa) - O presidente do Conselho Económico e Social (CES), José Silva Peneda, é defensor de um novo acordo de concertação social, considerando que pode servir igualmente como instrumento negocial junto da 'troika'.

"Uma coisa é chegar ao pé da 'troika' e dizer: eu quero isto. Outra coisa é chegar e dizer: eu quero isto e todos os parceiros reconhecem que isto é fundamental. Eu, se fosse negociar com a 'troika', gostaria muito de levar debaixo do braço um documento assinado com todos os parceiros sociais como um instrumento de pressão", disse o responsável do CES numa entrevista à Antena 1 e ao Diário Económico, que será difundida hoje.

Silva Peneda defendeu que "há espaço para novos entendimentos, da parte dos parceiros sociais", tanto dos patrões, como da UGT e, eventualmente, até da CGTP, destacando entre os pontos importantes para os parceiros a descida do IVA para o turismo e o salário mínimo nacional para os sindicatos.