Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Seul mantém "apertada vigilância" sobre Coreia do Norte, após ameaça de anular armistício

Lusa

  • 333

Seul, 06 mar (Lusa) -- A Coreia do Sul mantém uma "apertada vigilância" sobre a Coreia do Norte, depois de o país vizinho ter ameaçado, esta terça-feira, anular o armistício, que colocou fim à Guerra da Coreia (1950-53), informou o Ministério da Defesa sul-coreano.

"Estamos a levar a cabo uma apertada vigilância dos movimentos da Coreia do Norte", afirmou o porta-voz, em declarações à agência Efe, enquanto se aguarda que Seul emita um comunicado oficial em resposta ao último desafio 'retórico' lançado por Pyongyang.

O Exército Popular da Coreia do Norte ameaçou, esta terça-feira, declarar "nulo" o acordo de cessar-fogo, citando como motivo as iniciativas lideradas pelos Estados Unidos, com vista à imposição de sanções adicionais pela ONU ao regime norte-coreano devido ao recente ensaio nuclear.