Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Setor automóvel exige linha de crédito de 200 milhões para salvar empresas da falência

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 fev (Lusa) - A Associação Automóvel de Portugal (ACAP) vai exigir ao Governo a criação de uma linha de crédito de 200 milhões de euros para o apoio às empresas do setor no âmbito do programa PME Crescimento, anunciou hoje o seu presidente.

José Ramos, que falava aos jornalistas numa conferência de imprensa, acrescentou que a linha "deve ser cativa às empresas do setor automóvel e deverá, ainda, ter em linha de conta as especificidades do setor do comércio automóvel".

Perante o fecho de 2.700 empresas e a perda 23 mil postos de trabalho o ano passado, segundo estimativa da ACAP, José Ramos desafia o Governo a tomar medidas que incentivem o crescimento da economia, ajudando a parar os despedimentos e falências no setor.