Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sete empresas de mármores do Alentejo unem-se para exportar e evitar "morte" do setor

Lusa

  • 333

Vila Viçosa, 16 jan (Lusa) -- Sete empresas alentejanas de mármores, dos concelhos de Vila Viçosa e Borba, uniram esforços numa parceria "pioneira" vocacionada para a exportação, para fazer face à crise e contrariar "a morte óbvia do setor".

"Somos completamente pioneiros neste campo. É um esforço que achámos ser pertinente" para tentar "contrariar a morte óbvia que estamos a ver que vem aí, se não fizermos nada", realçou hoje à agência Lusa o empresário José Artur Batanete.

A iniciativa desenvolvida pelas sete empresas de mármores de Vila Viçosa e Borba foi a constituição de um Agrupamento Complementar de Empresas (ACE), denominado "Rose Project ACE" e formalizado esta terça-feira. Marbrito, Marmoz, António Galego e Filhos, Lopes Batanete, RBR Mármores, Marmetal e Margrimar são as empresas fundadoras deste ACE, que os envolvidos dizem ser "pioneiro no setor dos mármores".