Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Serviços secretos venezuelanos detiveram autarca por alegada corrupção

Lusa

  • 333

Caracas, 13 out (Lusa) - Os serviços secretos da Venezuela detiveram na noite de sábado o presidente da Câmara Municipal de Valência (Estado de Carabobo, a 200 quilómetros a oeste de Caracas) por alegada corrupção durante a sua gestão.

Militante do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), Edgardo Parra foi detido na sua residência e, segundo as rádios locais, na sequência de uma denúncia sobre a existência de contratações irregulares com cooperativas realizadas pela Câmara que dirigia.

Durante uma rusga efetuada à sua residência, as autoridades recolheram "elementos de interesse criminalístico" para uma investigação e foram ainda detidas outras três pessoas, dois homens e uma mulher, acusados de cooperação com Parra neste caso.