Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Serviços Públicos: Quase 3.500 escolas do primeiro ciclo desativadas nos últimos cinco anos

Lusa

  • 333

Lisboa, Jul (Lusa) -- O número de escolas do primeiro ciclo baixou de 6.050 no ano letivo de 2005/2006, no continente, para 2.569 no ano letivo de 2010/2011, tendo sido desativados um total de 3.481 estabelecimentos em cinco anos, segundo dados do Ministério da Educação.

Ao longo dos anos, também abriram 332 novos centros escolares, num esforço de concentração de alunos que acabou por prejudicar as escolas isoladas. Os distritos de Viseu e Vila Real foram aqueles em que mais estabelecimentos de ensino do primeiro ciclo encerraram, 433 no primeiro caso e 381 no segundo, enquanto os de Portalegre (menos 30), Évora (menos 38) e Beja (menos 66), já de si com menos escolas primárias, foram os que menos estabelecimentos perderam.

A reorganização da rede escolar teve o seu grande impulso com a então ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues (2005/2009), que determinou o encerramento das escolas com menos de 10 alunos e apoiou a construção de centros escolares integrados.