Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Serviços Públicos: Autarcas querem que Estado não abandone as pessoas e aposte na coesão nacional

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 Jul (Lusa) - O presidente dos autarcas socialistas considera que o Governo, ao encerrar serviços, está a abandonar as populações, enquanto que o responsável pelos autarcas sociais-democratas espera que reorganização do Estado não conduza à perda da coesão nacional.

Rui Solheiro, presidente da Câmara Municipal de Melgaço e presidente da Associação Nacional dos Autarcas do Partido Socialista, considera que o Governo está a desenvolver uma política "ao contrário" do interesse nacional ao apostar no encerramento de serviços, retirando o Estado de junto das populações.

O autarca referiu, em concreto, o facto de 70 por cento da população viver em 30 por cento do território, numa estreita faixa litoral entre Braga e Setúbal, onde é "cada vez mais impossível viver", o que exigiria políticas que incentivassem ao deslocamento para o interior, promovendo um desenvolvimento de forma "mais equilibrada".