Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Serra Leoa: Charles Taylor recorre de condenação em tribunal internacional

Lusa

  • 333

Haia, 19 jul (Lusa) -- O ex-presidente da Libéria Charles Taylor, condenado em maio a 50 anos de prisão por crimes contra a humanidade e crimes de guerra na Serra Leoa, recorreu hoje da sentença do Tribunal Especial para a Serra Leoa (TSSL).

"Charles Taylor pede respeitosamente à Câmara de Apelação que revogue todas as declarações de culpabilidade e condenações proferidas contra a sua pessoa e anule o veredito", disse a defesa do antigo presidente num recurso interposto na quarta-feira e hoje tornado público pelo TSSL.

O gabinete do procurador também recorreu da sentença, segundo informou o TSSL.