Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sensores de incêndios começam a funcionar na Peneda-Gerês a 01 de junho

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 21 mai (Lusa) - O Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) estreia a 01 de junho um sistema de vigilância com sensores óticos que distinguem fumo orgânico de fogos florestais a 15 quilómetros de distância, num investimento que ronda um milhão de euros.

"Este sistema - de monitorização e apoio à decisão operacional através de espetrometria ótica - entra em funcionamento a 01 de junho", afirmou hoje fonte oficial da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), questionada pela Lusa.

A implementação deste sistema, que segundo a Proteção Civil tem a "capacidade única" de reconhecer fumo orgânico através de uma análise química da atmosfera, tinha sido anunciada para o verão de 2012 mas só agora será concretizada.