Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Senado volta a rejeitar plano da Câmara dos Representantes

Lusa

  • 333

Washington, 01 out (Lusa) -- O Senado norte-americano, de maioria democrata, votou negativamente na noite de segunda-feira o plano republicano que evitaria o encerramento do governo federal, mas adiava a entrada em vigor da reforma da saúde.

A decisão do Senado, tomada por 54 votos a favor e 46 contra, vem prolongar o impasse numa decisão das duas Câmaras norte-americanas que evite o bloqueio de acesso a fundos para o funcionamento do governo federal.

Após a recusa do Senado, este órgão voltou a enviar à Câmara dos Representantes um plano que permita o acesso a fundos por parte do governo Federal sem alterar o plano da reforma da saúde.