Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Senado da Califórnia aprova aumento gradual do salário mínimo até 10 dólares por hora

Lusa

  • 333

Los Angeles, Estados Unidos, 13 set (Lusa) - O Senado da Califórnia aprovou, esta quinta-feira, uma reforma da lei laboral para elevar gradualmente até 2016 o salário mínimo para 10 dólares (7,5 euros) por hora, valor que supera o definido em qualquer outra parte dos Estados Unidos.

A medida carece de ser apoiada pela Câmara Baixa, de maioria democrata, partido cujos líderes, em que se inclui o governador Jerry Brown, chegaram a acordo, esta semana, na Califórnia, para que este ajuste salarial seja uma realidade.

O salário mínimo, à luz da legislação vigente desde 2008, está fixado em 8 dólares por hora (6 euros), devendo ser atualizado para 9 dólares (6,7 euros) em julho do próximo ano e para 10 (7,5 euros) em janeiro de 2016, caso a reforma passe todos os trâmites e seja ratificada pelo governador, como está previsto.