Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sem mais reformas crescimento espanhol vai continuar fraco - FMI

Lusa

  • 333

Washington, 15 jul - O Fundo Monetário Internacional (FMI) considerou hoje que o crescimento económico espanhol vai continuar fraco por algum tempo "a menos que sejam adotadas mais reformas para tornar o processo de ajustamento menos dispendioso".

No terceiro relatório trimestral sobre a reforma do setor financeiro de Espanha, hoje divulgado, o FMI refere que "a menos que o processo de ajustamento possa ser feito de forma menos dispendiosa através de medidas tanto a nível europeu como a nível nacional, o crescimento económico em Espanha pode permanecer fraco por algum tempo.

O Fundo estima que o Produto Interno Bruto (PIB) espanhol contraia 1,6% este ano e que seja nulo em 2014 e defende que "estas perspetivas difíceis (...) exigem reformas económicas contínuas e uma fiscalização proativa do setor financeiro para garantir que consegue ultrapassar o atual ambiente e melhorá-lo, fornecendo condições de crédito adequadas para apoiar a recuperação".