Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sem degradações da economia, bancos não deverão precisar de mais dinheiro público - APB

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 out (Lusa) -- O presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB) afirmou hoje que os bancos portugueses não deverão precisar de recorrer a mais dinheiros públicos se não se registarem "degradações da economia", reagindo às avaliações do Banco Central Europeu (BCE).

"Se não se registarem degradações da economia, que se traduzam em maiores incumprimentos de crédito, espero que não seja necessário o recurso ao Fundo de Recapitalização (embora este tenha sido previsto e constituído para ser utilizado, se necessário)", disse Fernando Faria de Oliveira, numa declaração escrita enviada à agência Lusa.

O BCE anunciou hoje que vai começar em novembro a fazer várias avaliações a 130 bancos dos 18 Estados-membros, entre os quais quatro bancos portugueses - BPI, BCP, CGD e Grupo Espírito Santo (que detém o BES) --, cobrindo cerca de 85% dos ativos do sistema bancário da zona euro.