Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Selecionador de Cabo Verde quer dedicar-se exclusivamente ao seu país

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 mai (Lusa) - O selecionador de CaboVerde, Lúcio Antunes, negou hoje o desejo de um dia trabalhar na Europa, frisando que se quer dedicar de corpo e alma ao futebol do seu país, motivo pelo qual quer vencer os dois próximos jogos.

O treinador, que participou hoje em Lisboa numa conferência apadrinhada pelo catedrático Manuel Sérgio, substituindo Jorge Jesus, reconhece que o apuramento para o Campeonato do Mundo é difícil, até porque nos três jogos até agora realizados acumulou outras tantas derrotas, mas rejeita atirar a toalha ao chão.

"Vamos ter dois jogos em junho, no dia 08 e no dia 15, na Cidade da Praia, contra a Guiné Equatorial e depois com a Serra Leoa. Vamos tentar ganhar os dois jogos porque a diferença de pontos que existe entre nós e o primeiro lugar é grande, mas temos de fazer o nosso melhor para conseguir as duas vitórias", disse.