Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Seis universidades discutem "crescimento inteligente" no Norte e na Galiza

Lusa

  • 333

Braga, 29 out (Lusa) -- Reunidos hoje em Braga, responsáveis e professores de seis universidades da eurorregião Galiza-Norte de Portugal, debruçaram-se sobre as questões do "crescimento inteligente", já que há "um dever ético de valorização do território onde as universidades estão instituídas".

A opinião é do geógrafo Rio Fernandes, professor da Universidade do Porto e secretário-geral da Fundação Centro de Estudos Euro Regionais (CEER), que para além daquela universidade integra ainda os estabelecimentos de ensino superior do noroeste ibérico de, Santiago de Compostela, A Coruña, Vigo, Minho e Trás-os-Montes e Alto Douro.

O encontro, realizado sob o lema "Por um crescimento inteligente", decorreu na segunda-feira na Universidade de Vigo e hoje na do Minho, onde diversos especialistas, dos dois lados da fronteira, discursaram e debaterem o papel das universidades no crescimento económico e inteligente da eurorregião.