Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Seis ciclistas que denunciaram Armstrong suspensos por seis meses

Lusa

  • 333

Paris, 11 out (Lusa) -- A Agência Antidopagem norte-americana (USADA), que acusou Lance Armstrong de estar envolvido no caso de dopagem "mais sofisticado" da história, suspendeu por seis meses seis antigos companheiros do ciclista que confessaram o uso de substâncias ilícitas.

Levi Leipheimer (Omega Pharma-Quickstep), Christian Vande Velde (Garmin-Sharp), David Zabriskie (Garmin-Sharp), Tom Danielson (Garmin-Sharp), George Hincapie (BMC) e Michael Barry (Sky), que ainda correram em 2012, são seis dos 11 antigos companheiros de Armstrong que denunciaram a prática de doping ao longo do período em que o norte-americano venceu a Volta a França por sete vezes, entre 1999 2005.

Christian Vande Velde admitiu ter tomado EPO, hormona de crescimento, cortisona e testosterona, entre 1999 e 2003 (US Postal), em 2004 (Liberty Seguros), em 2005 e em 2006 (CSC).