Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Seguro diz que renegociar défice de 4 para 4,5% "pode não ser suficiente"

Lusa

  • 333

Gondomar, 25 mai (Lusa) - O secretário-geral do PS, António José Seguro, disse hoje, em Gondomar, que renegociar o défice orçamental previsto para 2014 em meio ponto percentual, de 4 para 4,5%, como pretende o Governo, "pode não ser suficiente".

"Há tanto tempo que eu tenho vindo a defender que é preciso renegociar e que é preciso mais tempo para nós cumprirmos com as nossas obrigações", salientou o líder socialista, à margem da apresentação pública do candidato do PS à Câmara local, Marcos Martins.

"Na altura, o que é que o primeiro-ministro me respondia sempre? Isso era impossível. Pois bem, aqui está a prova de que isso é possível", observou Seguro.