Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Seguradoras querem restringir às famílias em dificuldades resgate dos PPR para pagar casa ao banco

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 mar (Lusa) - A Associação Portuguesa de Seguradoras defendeu hoje a limitação às famílias em dificuldades do resgate de PPR para pagar crédito à habitação e considerou que a lei lesa o Estado ao permitir resgates sem perda de benefícios fiscais.

"Seria mais correto existirem regras que limitassem o acesso a essa possibilidade de resgate", disse hoje Seixas Vale, na Comissão parlamentar de Orçamento e Finanças.

O presidente da associação que representa as seguradoras a operar em Portugal está a ser ouvido hoje, no parlamento, em Lisboa, no último dia de audições que vão servir de base às alterações que serão feitas à lei que, desde janeiro, permite a qualquer cidadão (mesmo sem dificuldades financeiras) resgatar os Planos de Poupança Reforma (PPR) e PPR Educação (PPRE) para pagamento das prestações de crédito à aquisição de habitação, sem penalizações e perda de benefícios fiscais.