Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Segundo dia de audiências do "caso Oscar Pistorius" gerou mais dúvidas do que certezas

Lusa

  • 333

Pretória, 20 fev (Lusa) - O segundo dia de audiências do processo-crime contra o atleta paralímpico sul-africano Oscar Pistorius gerou mais dúvidas do que certezas ao cabo de várias horas de testemunho do investigador-chefe da polícia.

Numa tentativa de resgatar alguma da credibilidade perdida pelo detetive Hilton Botha, quando foi contrainterrogado pela defesa de Pistorius, o procurador Gerrie Nel colocou-lhe algumas questões básicas na parte final da sessão de hoje.

Estas serviram basicamente para reiterar a convicção do investigador de que Pistorius matou a namorada de forma premeditada e que a sua libertação sob caução levaria à sua fuga do país.