Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Secretas: PSD/CDS dizem que audições foram "tranquilizadoras" e permitem reformas

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 jun (Lusa)- A maioria parlamentar disse hoje que as audições do Conselho de Fiscalização e do secretário-geral das secretas "foram tranquilizadoras" e permitiram recolher informação para, "de forma ponderada", se avançar com alterações que reforcem "a segurança" dos serviços.

"As audições que acabámos de efetuar no âmbito da comissão de Assuntos Constitucionais foram muito úteis, recebemos informação sobre os procedimentos que foram desencadeados ao longo de todo o processo mediático em torno do ex-diretor do SIED, como também informação muito relevante para o processo legislativo que brevemente iremos iniciar, no âmbito da Assembleia da República", afirmou a vice-presidente da bancada do PSD, Teresa Leal Coelho.

A deputada social-democrata falava aos jornalistas no final de mais de seis horas de reunião da comissão de Assuntos Constitucionais, que ouviu, à porta fechada, o Conselho de Fiscalização, o Conselho de Fiscalização de Dados e o secretário-geral do Sistema de Informações da República Portuguesa (SIRP).