Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Secretas: PSD defende que atual modelo de fiscalização tem condições para operar

Lusa

  • 333

Lisboa, 1 jun (Lusa)- A vice-presidente do PSD Teresa Leal Coelho defendeu hoje que o atual modelo de fiscalização do Sistema de Informações da República Portuguesa (SIRP) "tem condições para operar", salientando que já "funcionou com consequências".

Teresa Leal Coelho, também vice-presidente da bancada social-democrata, falava aos jornalistas no final das audições do Conselho de Fiscalização, do Conselho de Fiscalização de Dados e do secretário-geral do SIRP na comissão de Assuntos Constitucionais.

Questionada sobre a proposta do PCP para alterar o modelo de fiscalização das secretas, que prevê a extinção do atual Conselho de Fiscalização e a criação de uma entidade no Parlamento, Leal Coelho defendeu que "este modelo tem condições para operar, sem prejuízo de todas as alterações e ajustes de melhoramento que possam ser introduzidos".