Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Secretário-geral da ONU condena ataque mortal na fronteira entre Sudão e Sudão do Sul

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 05 mai (Lusa) -- O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, condenou o ataque que no sábado causou a morte de um líder tribal e de um capacete azul em Abyei, área disputada pelo Sudão e Sudão do Sul, noticiou a Xinhua.

Dois outros militares da ONU ficaram feridos com gravidade no incidente.

"O secretário-geral condena veementemente a morte do chefe de Dinka, Deng Kuol Deng e de um capacete azul da UNISFA num ataque perpetrado por um homem da tribo Misseriya ao 'comboio' militar da UNISFA na área de Abyei Area", indica um comunicado emitido pelo porta-voz de Ban Ki-moon na noite de sábado.