Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Se Portugal está abandonado a si próprio tem de ser "mais papista que o Papa" -- Teixeira dos Santos

Lusa

  • 333

Porto, 29 nov (Lusa) -- O anterior ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, afirmou hoje que Estados como Portugal e a Grécia estão abandonados pela União Europeia e por isso precisam de ser "mais papistas que o Papa" e ambiciosos nas metas.

"Se estamos abandonados a nós próprios temos de ser 'mais papistas que o Papa'. Se os mercados dizem mata, nós dizemos esfola. Temos de mostrar que somos capazes, que somos ambiciosos nas metas", afirmou Teixeira dos Santos, durante o encerramento do colóquio Água e Saneamento em Portugal, no Porto.

Durante uma intervenção de cerca de uma hora sob o título "Portugal e a Europa: Os próximos anos", o antigo ministro das Finanças declarou que falta, na União Europeia, uma política de crescimento económico, sem a qual "tudo é mais difícil para os Estados" e que faz com que países como Portugal e Grécia fiquem "abandonados, de alguma forma, no esforço que estão a conduzir".