Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Se não se reduzir peso do Estado haverá novo aumento de impostos em 2014 -- Pires de Lima

Lusa

  • 333

Espinho, 22 nov (Lusa) -- O presidente da mesa do conselho nacional do CDS-PP, António Pires de Lima, afirmou hoje que em 2014 se poderá assistir a um novo aumento de impostos caso o peso do Estado não seja repensado.

Pires de Lima, que falava à margem do 1.º Fórum de Inovação e Empreendedorismo em Espinho, referiu que, dado o défice do país e a dívida acumulada, "só há duas soluções enquanto Portugal não voltar a ser um país de grande crescimento económico: Ou se reduz o peso do Estado e da forma menos gravosa possível, mais benevolente possível, ou se aumentam os impostos".

"Portanto, se esse trabalho não se fizer e se os partidos políticos, nomeadamente o Partido Socialista, o obstaculizar, o que haverá em 2014 é um novo aumento de impostos. Não há magia na economia nem nas contas públicas", alertou o também presidente da comissão executiva da Unicer.