Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Se houver crise política será da responsabilidade do PSD e CDS, mas o PS não cruzará os braços - Seguro

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 out (Lusa) - O secretário-geral do PS, António José Seguro, afirmou hoje que, se houver crise política, será da total responsabilidade da maioria governamental PSD/CDS, mas advertiu que os socialistas não ficarão de braços cruzados.

A posição de António José Seguro foi assumida em declarações à agência Lusa, em que também reiterou que o PS só volta ao Governo por vontade popular, ou seja, na sequência de eleições.

Confrontado com um cenário de crise política a breve prazo, António José Seguro frisou que esse cenário "não é desejável, até porque Portugal já tem crises que cheguem".