Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Saúde/Urgências: Autarquias e partidos políticos contra encerramento de serviços

Lusa

  • 333

Figueira da Foz, 18 jul (Lusa) - Autarcas de todo o país e representantes de partidos políticos criticaram hoje as conclusões da Comissão de Reavaliação da Rede Nacional de Emergência e Urgência que prevê o encerramento de 16 serviços de urgência.

A lista, segundo proposta divulgada hoje, inclui serviços de urgência em Valongo, Oliveira de Azeméis, Idanha-a-Nova, Tomar, Montemor-o-Novo, Estremoz, Serpa, Lagos, Loulé, Macedo de Cavaleiros, Fafe, Santo Tirso, Peniche, Agualva-Cacém, Montijo e Lisboa (Hospital Curry Cabral, cujo encerramento já se efetivou).

Na proposta entregue ao ministro Paulo Macedo, que foi finalizada em fevereiro mas só agora divulgada, sugere-se também a redução de valências de algumas urgências.