Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Saúde/Urgências: Autarcas de Serpa e Montemor-o-Novo estranham proposta de fecho de serviços que não existem

Lusa

  • 333

Beja, 18 jul (Lusa) - Autarcas de Serpa e Montemor-o-Novo, no Alentejo, consideraram hoje "estranha" a proposta de encerramento de Serviços de Urgência Básica (SUB) que não existem nas duas cidades, porque ainda não foram criados, apesar de estarem prometidos.

No caso de Serpa, a proposta é "estranha", "caricata" e "não faz sentido", já que "dá orientações para fechar um serviço, que, na realidade, nunca chegou a abrir", disse à agência Lusa o vice-presidente da Câmara de Serpa (CDU), Tomé Pires.

Em declarações à Lusa, a vice-presidente da Câmara de Montemor-o-Novo (CDU), Hortênsia Menino, também considerou a proposta "estranha", já que propõe o encerramento de um SUB que "devia", mas "não está funcionar enquanto tal" na cidade, porque "não tem os meios necessários para isso".