Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Saúde: Presidente da Entidade Reguladora defende que ADSE deixe de ser financiada pelo Orçamento do Estado

Lusa

Lisboa, 15 jun (Lusa) -- O presidente da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) defendeu hoje que a ADSE deixe de ser financiada pelo Orçamento do Estado e passe a funcionar como um seguro apenas sustentado pelos funcionários públicos.

Numa conferência hoje em Lisboa, Jorge Simões manifestou-se contra a redução do custo com a ADSE imposta pela "troika", argumentando que pode prejudicar ainda mais o equilíbrio orçamental daquele subsistema de saúde.

"Há o risco de os beneficiários com maiores rendimentos e maiores descontos, os mais afetados pela redução da cobertura, exercerem o direito de 'opting-out' [saindo do sistema]", avisou o responsável.