Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Saúde: Ordem dos Médicos do Norte alerta para desemprego na medicina a curto prazo

Lusa

  • 333

Porto, 19 jun (Lusa) -- O presidente da Ordem dos Médicos do Norte alertou hoje que o desemprego na medicina "vai existir muito rapidamente" e que há muitos profissionais "com dificuldade em ingressar no Serviço Nacional de Saúde".

"Se me pergunta se a curto prazo vão existir médicos a mais e não vai haver lugar para todos os médicos no SNS, eu não tenho dúvidas nenhumas sobre isso", disse hoje à Lusa Miguel Guimarães, presidente da Secção Regional Norte da Ordem dos Médicos, que reúne na quarta-feira com os sindicatos na sequência da greve nacional convocada para julho.

Para Miguel Guimarães, a questão do desemprego médico "vai existir muito rapidamente", pelo que "uma das exigências" que a Ordem dos Médicos tem feito é a de "racionalizar, ou seja, respeitar as capacidades formativas das faculdades".